MECÂNICA PREVENTIVA: VOCÊ CONHECE O SEU CARRO?

MECÂNICA PREVENTIVA: VOCÊ CONHECE O SEU CARRO?

Dizem que de médico, mecânico e louco todo mundo tem um pouco… Mas será que realmente sabemos – e fazemos – o básico da manutenção veicular?

Prevenir problemas mecânicos é, certamente, bem melhor do que resolvê-los depois, já que evitamos gastos com peças, manutenção automotiva e não deixamos o carro parado por muito tempo. Para o seu automóvel não “te deixar na mão”, separamos dicas simples e fáceis de adotar no dia a dia:

Cuidados com a bateria

Você está em um dia corrido, prestes a sair de casa, quando liga o carro e ele não dá sinal de vida. Para não passar por isso, busque fazer o teste de carga, em qualquer eletricista, com frequência. Verifique ainda o nível da água e complete-o com água destilada.

Barulhos estranhos

A forma mais eficaz de identificar um problema em seu automóvel é prestando bastante atenção aos sons e usando os sentidos. Ao ouvir algo diferente, não deixe de investigar: sua segurança pode depender disso. Por exemplo, caso o barulho venha do meio do motor ou da parte inferior, pode ser que algo esteja funcionando com folga ou que falte lubrificação nas peças. Outro ruído ao qual devemos estar muito atentos é aquele que parece o de várias pancadas (como um martelo). Isso pode significar que seu motor está prestes a fundir.

Superaquecimento

Muita atenção aos ponteiros! Quando seu carro apresentar sinais de superaquecimento (o ponteiro estar perto da região vermelha ou a luz de temperatura ascender) pare imediatamente em um posto de combustível e peça para o frentista verificar a quantidade de água no radiador. Se você colocou água há pouco tempo, é sinal de que há vazamento no reservatório. Se não for nenhum desses motivos, o sistema pode estar entupido, precisando de limpeza e aditivos. Outra possibilidade é de o defeito ser no “cebolão”, a peça que liga a ventoinha do carro, que tem como função resfriar o motor.

Freios que cantam

Você está fazendo uma curva e ouve os freios assobiarem? Quando o assobio é leve, normalmente, é por causa do tipo de material usado na fabricação das pastilhas de freio, que ao entrar em contato com o disco produzem o barulho. Se o barulho ao frear for semelhante ao de um atrito entre metais, no entanto, é provável que as pastilhas estejam gastas. Neste caso, você deve trocá-las para que não haja perigo de acidente, uma ação simples e preventiva.

Evite andar na reserva

Por um mal hábito, para economizar ou mesmo por esquecimento, muita gente se aventura e dirige com o tanque quase vazio. Andando na reserva, as impurezas, que normalmente ficam no fundo do reservatório, sobem e entopem os filtros e os bicos injetores, além de prejudicar a injeção eletrônica. Ter pouco combustível também pode provocar o superaquecimento da bomba elétrica — que fica dentro do tanque — e pode danificar esse componente. Que tal deixar esse costume para trás?

Para economizar combustível

Com o alto valor do combustível, nada mais indicado do que conhecer o seu carro e gastar menos gasolina. Para isso, mantenha as velas, filtros (de combustível e de ar) e bicos injetores sempre limpos, o motor regulado e os pneus calibrados. Outros cuidados necessários são: não acelerar demais, deixar os vidros sempre fechados e não carregar peso desnecessário no porta-malas.

Entretanto, não se sinta uma expert em mecânica… Para fazer essa prevenção, procure um profissional especializado. Aqui na Dronne, indicamos para os campineiros o trabalho da GMV Brasil Serviços Automotivos: Rua Carolina Florence, 1527, Campinas, pois mecânicos precisam ser de confiança, certo? Essa é, de todas as dicas, a mais infalível.

No Comments

Post A Comment